Prefeitura Municipal de Santana
sábado, 26 de outubro de 2019 - 19:10h
Prevenção e controle da doença de chagas em Santana
Agentes de saúde participaram recentemente de uma capacitação para aprimorar o conhecimento sobre as últimas pesquisas desenvolvidas sobre a doença de Chagas.
Por: PMS Comunica
Foto: Adrielly Castro
Para garantir um açaí seguro à saúde, o batedor tem que ficar atento desde a compra da matéria-prima, verificando sempre a procedência do fruto, como é feita a coleta, transporte e conservação final.

A campanha de prevenção e controle à doença de chagas é promovida pela Prefeitura de Santana, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA).


A Coordenadoria de Vigilância em Saúde (CVS),elaborou o plano de intervenção em conjunto integrado com as três vigilâncias de Saúde: Epidemiológica, Ambiental e Sanitária.

Em parceria com a Sala do Empreendedor da PMS, as equipes de saúde estão realizando o cadastramento dos vendedores, processo de financiamento com linha de crédito através do Sebrae (Serviço brasileiro de apoio às micro e pequenas empresas), notificando as condições do estabelecimento que será estendido para os outros bairros do município.

No dia 5 de Novembro, a Prefeitura de Santana, estará promovendo no auditório do fórum, mais uma capacitação para que o empreendedor tenha oportunidade de aprender mais sobre o preparado, produção e comercialização do fruto, com a participação de autoridades, instituições financeiras e do setor comercial.

Para garantir um açaí seguro à saúde, o batedor tem que ficar atento desde a compra da matéria-prima, verificando sempre a procedência do fruto, como é feita a coleta, transporte e conservação final. Deve se preocupar com a qualidade da água, controle de pragas, limpeza e higienização dos equipamentos e utensílios.

O diretor da Vigilância Ambiental, Waldilel Trindade, explicou que os agentes estão realizando visitas em campo com serviço de educação em saúde para bloquear o inseto barbeiro(vetor da doença), conscientizar a população sobre o manejo inadequado e os riscos que podem causar. É importante também, que o batedor tenha cuidado para que o inseto não seja misturado à polpa durante o processamento do açaí, que é a principal forma de contaminação com protozoário. São realizadas vistorias nas áreas das batedeiras de açaí e coletadas amostras para análises de qualidade.

Segundo informações do Diretor da Vigilância Sanitária, Weiky Moraes, o órgão fiscalizador orientou aproximadamente 147 batedores de açaí, para que trabalhem padronizados ou próximo do padrão estipulado. "É dado um prazo para o dono legalizar a batedeira com a licença da saúde e outras exigências para o funcionamento do ponto. Caso não cumpra com as determinações sanitárias, será notificada e interditada." Ele ainda ressaltou, que o intuito da ação não é impedir que o trabalhador venda seu produto, mas fiscalizar para que ofereça um açaí de qualidade à população.

Agentes de saúde participaram recentemente de uma capacitação para aprimorar o conhecimento sobre as últimas pesquisas desenvolvidas sobre a doença de Chagas. Os temas abordaram o histórico da doença; o barbeiro transmissor e hospedeiro do protozoário Trypanosoma cruzi; diferenças entre os tipos de insetos; sintomas da doença na fase inicial e avançada; e como evitar sua proliferação.

De acordo com a coordenadora da CVS, Ediana Marques, em 2018 as investigações realizadas pela vigilância registraram 16 casos de moradores infectados com a doença de chagas, sendo que 12 vítimas foram localizados no bairro Hospitalidade. "A SEMSA continua minimizando esses dados com ações educativas, capacitações e fiscalizações para que a doença não se alastre", confirmou coordenadora da Vigilância em Saúde do município.

Já em 2019, foram confirmados 5 casos de pacientes infectados com a doença de Chagas no município de Santana. A Vigilância Epidemiológica presta apoio aos pacientes que foram identificados e alerta para os principais sintomas: febre prolongada, dor de cabeça, palidez, dor no corpo, manchas vermelhas, Inchaço e problemas cardíacos, que, em estado mais avançado, levam o paciente à morte.
Em caso de suspeita da doença, a pessoa deve procurar imediatamente a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima para fazer todos os exames e iniciar o tratamento.

NEWSLETTER

Receba nossas notícias em seu e-mail ou celular.

SANTANA - Prefeitura Municipal de Santana
Av. Santana, 2913 - Paraíso, Santana - AP, 68928-060 - -
Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP - Centro de Gestão da Tecnologia da Informação
2017 - 2019 Licença Creative Commons 3.0 International
Amapá